Você sabia que um bode já foi eleito vereador de Fortaleza?

Bode Ioiô faz parte de uma das lendas da cidade Alencarina (Divulgação)

Pelas ruas e becos de Fortaleza, um herói cearense costumava passear nos meados da Belle Époque alencarina, no início do século passado. Boêmio, não dispensava uma boa cachaça. Acompanhava aqueles que flanavam a cidade nos antigos cafés da Praça do Ferreira, no Centro. Era um cidadão como qualquer humano. Tanta fama garantiu ao Bode Ioiô ser lembrado para a posteridade.

Com seu percurso ritualístico de ir e vir, o animal percorria da antiga Praia dos Peixes ao Centro pelas mesmas vias. Não se cansava, pois todo dia é dia. Fez tanto sucesso que chegou a ser eleito vereador.  Bode Ioiô chegou a Fortaleza como retirante, fugido da famosa seca de 1915, tema de livro da cearense Rachel de Queiroz. A família com a qual chegou não teve condições de criá-lo e o vendeu para uma empresa de americanos. Mas com espírito de liberdade, o animal não se contentou em ficar parado. Andava pela cidade, como outros animais que ficavam soltos.

A partir daí, várias pessoas contavam histórias e lendas sobre o bode, como que ele passava a noite no mundo, paquerando as moças. Até que houve uma tentativa de “afrancesamento” da cidade, criando códigos de postura ordenando a cidade e isso fez com que fosse criada a lei que retirava animais da rua, incluindo o xodó Ioiô.

Apesar de nunca ter se candidatado, a eleição aconteceu, pois naquele tempo os eleitores votavam em papel, escrevendo o nome de seus candidatos. Ioiô nunca tomou posse de seu posto, mas passou a ser conhecido como “Bode Celebridade”.

Em 1931, Fortaleza ficou de luto. Bode Ioiô faleceu de velhice, mesmo que ninguém soubesse ao certo sua idade. Porém, mais lendas surgiram sobre sua morte: ele teria sido envenenado por um marido ciumento ou de cirrose, por beber demais. O animal foi embalsado devido a sua grande fama, e foi doado para o Museu do Ceará, que foi criado em 1932, mas aberto ao público em 1934.

Rochelle Nogueira

Jornalista com Especialização em Assessoria de Comunicação. Colaboradora do portal Multvox e da Agência de Notícias e Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Fortaleza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *