Terceira Idade: Como ganhar massa muscular e retardar o envelhecimento

Com o passar dos anos, é normal que o corpo passe por mudanças na força, na resistência e na elasticidade. Esse processo ocorre, principalmente, devido a alteração na produção de hormônios e diminuição da regeneração muscular. A perda natural de massa muscular, que também significa perda de força, traz algumas dificuldades, favorecendo acidentes e lesões. 

Aliar atividades físicas com boa alimentação impacta positivamente na qualidade de vida do indivíduo não apenas no presente, mas também no processo natural de envelhecimento. Pessoas de mais idade tendem a ter mais dificuldade de locomoção e na realização de algumas atividades, porém, manter bons hábitos ajuda a retardar esses efeitos  do tempo no corpo.

 O ideal é que a prática de exercícios aconteça ao longo da vida, mas para quem já passou dos 50 anos, iniciar as atividades musculares pode ajudar no ganho de massa, retardar dificuldades locomotoras e prevenir doenças crônicas. 

A musculação, atividade mais recomendada para pessoas acima de 60 anos, é eficaz na prevenção e tratamento de doenças como osteoporose, obesidade, hipertensão arterial e hiperglicemia (diabetes). Isso acontece porque a atividade aumenta a massa muscular, a densidade óssea e os desempenhos relacionados à força, fazendo com que realize sua rotina diária com maior facilidade e sem a dependência de outras pessoas. 

Quanto mais cedo iniciar a atividade física, mais cedo virão os resultados positivos que ela pode trazer para indivíduos da terceira idade. É importante manter-se motivado durante todo o processo para que os exercícios sejam realizados com maior qualidade.

Para quem apresenta características de maior perda de massa muscular, o auxílio de um profissional de saúde se torna mais importante, isso porque os exercícios devem ser dosados de acordo com a capacidade e necessidade de cada um. 

Os cuidados com a alimentação nessa fase da vida também precisa de atenção especial. Evitar o consumo de alimentos com alto teor de gordura, conservantes, açúcares e sódio pois diminuem a absorção de nutrientes pelo corpo. As necessidades proteicas e calóricas de quem está na terceira idade é diferente das de pessoas mais jovens, por isso o ideal é um buscar ajuda de um profissional para que ele indique o cardápio ideal. 

Envelhecer é um processo natural da vida e que deve acontecer de maneira saudável. É uma fase que exige cuidados e atenção Como em qualquer fase da vida, antes de iniciar qualquer atividade, é importante consultar um médico, pois o acompanhamento profissional evita sobrecargas e agravantes na saúde. Vale lembrar que a prática de atividades deve ser acompanhada por um profissional de Educação Física.

FONTE: GREENLIFE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *