Confira os benefícios do alongamento

Desenvolve a elasticidade, ajuda a relaxar corpo e mente, melhora tensões e proporciona maior consciência corporal. Estes são alguns dos inúmeros benefícios do alongamento, um exercício direcionado para flexibilidade dos músculos. 

É uma prática importante para o bom funcionamento do corpo, feita de acordo com o agrupamento muscular a ser trabalhado. Um tipo de atividade que pode ser feita a qualquer hora do dia. “Quando realizado pela manhã, o exercício ajuda a melhorar a disposição do dia. Seria uma forma de preparar o corpo, protegendo e melhorando o desempenho muscular para movimentos mais amplos”, explica a fisioterapeuta Wladia Morais. 

O alongamento deve, de preferência, trabalhar todo o corpo. Quando praticado corretamente, os benefícios vão além do físico e se estendem também para a mente, ajudando a aliviar os sintomas do estresse. “Para que a prática do alongamento seja eficaz, ė importante que seja realizado gradativamente,com postura e de forma confortável”, ressalta a especialista. 

Alongar os músculos é fundamental para pessoas de todas as idades, independente da prática de atividades físicas. Tanto os que se exercitam quanto os sedentários podem sofrer com o encurtamento da fibra muscular, o que pode causar a diminuição da flexibilidade e no caso de atletas, atrapalha na execução das atividades. 

ALONGAMENTO ANTES OU DEPOIS DOS TREINOS?

A prática pode ser feita antes e depois dos treinos, mas, de acordo com a fisioterapeuta, alguns profissionais não indicam alongar após exercícios de alta intensidade.”Se for treino de grande intensidade, poderá  provocar a quebra de fibras musculares e é mais indicado o repouso para que as fibras sejam recompostas”, destaca. 

É fundamental que os exercícios sejam acompanhados por um profissional para que se possa usufruir dos benefícios. O tempo da atividade será de acordo com a pessoa, levando em consideração a idade, as limitações físicas e o estilo de vida de cada um. “Outro fator importante é a respiração, que é um fator importante para oxigenação do corpo enquanto se executa os movimentos”, conta a fisioterapeuta. 

Existem dois tipos básicos de exercícios de alongamento: Estático e Dinâmico

ALONGAMENTO ESTÁTICO

Nesse tipo de alongamento, o indivíduo fica em uma mesma posição por alguns segundos, esticando a musculatura até sentir um leve desconforto.” O aluno alonga o músculo até a posição de tolerância, ou seja ,com moderado desconforto que então ė mantido por um período (30 a 60 seg) antes de retornar para a posição inicial”, esclarece a Wladia. 

ALONGAMENTO DINÂMICO

Ainda segundo a especialista, nesse caso, o alongamento ocorre com movimentos leves com braços, pernas e quadris. “Envolve o balanço repetido da parte do corpo que está sendo alongado. A aplicação desta técnica geralmente está direcionada para treinos de alta intensidade o qual o objetivo seria ativar a circulação, melhorar a coordenação”, justifica.

FONTE: GREENLIFE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *